Aos 59 anos, Brasília comemora sua diversidade e pluralidade

Em 21 de abril de 1960, Juscelino Kubitschek inaugurava a cidade de Brasília. Uma cidade que já nascia símbolo do progresso e modernidade, e que traz até hoje em seus traços características marcantes dos projetos de Oscar Niemeyer, Lucio Costa, Athos Bulcão e Burle Marx.

Nestes 59 anos, a Capital Federal cresceu em população atraindo diversidade em pessoas, estilos, culinária e cultura, sendo reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

Uma cidade que encanta e guarda muitas outras curiosidades, confira a seguir:

#Candangos é uma outra maneira como os brasilienses são conhecidos. Por isso, o torneio de futebol brasiliense é chamado de Candagão. =)

#O Parque da Cidade de Brasília é considerado um dos maiores parques urbanos da América e tem o paisagismo de Burle Marx.

Parque da Cidade Sarah Kubitschek (Créditos: WBrasília)

#As ruas de Brasília não possuem esquinas e, ao contrário de outras capitais, os endereços da capital são compostos por siglas e números.

#A cidade tem uma organização própria e é dividida em setores temáticos como hospitalares, hoteleiros, bancários e por aí vai.

Brasília
Burle Max – Eixo Monumental, Brasília

#Devido ao seu conjunto urbanístico e arquitetônico, Brasília foi reconhecida como Patrimônio Mundial pela Unesco. Ela possui a maior área tombada do mundo: 112,5 quilômetros quadrados.

Palácio do Itamaraty – Projeto de Oscar Niemeyer

#A cidade possui um dos metros quadrados mais caros do país e já figurou diversas vezes em listas de cidades com a melhor qualidade de vida do mundo.

Ficou com vontade de conhecer Brasília? Vale a visita!

Se já conhece ou vive na cidade, compartilhe conosco sua dica imperdível de roteiro ou curiosidade.

Leia mais:

Sobre o autor

Deixe um comentário