Segundo o Google, quase 4 milhões de pessoas no Brasil estão em home office.

Trabalhar em casa até poderia ser parte da rotina de algumas pessoas, mas, não da grande maioria que, de uma hora para outra, se viu na condição urgente de adaptar seu espaço doméstico para executar as atividades de trabalho em casa.

Junte a isso uma série de outras questões como: dividir o espaço e recursos tecnológicos com outras pessoas (também em home office), crianças em casa (e se divertindo muito), animais domésticos pedindo atenção, lentidão na internet e toda uma rotina do lar.

Ufa! Dá para ficar muito estressado, não é mesmo? Mas calma que vamos compartilhar algumas dicas simples, porém, muito eficazes para dar aquela organizada nas coisas:

Dica 1 – Organização é ouro

Organizar suas atividades com o foco diário é muito importante. Isso permite que você consiga estabelecer uma rotina de horários sem perder de vista as pausas, tão importantes para a qualidade do seu trabalho e manutenção da sua energia.

Organização vale para tudo: atividades do lar, exercícios físicos, atenção a família.

Dica 2 – Trabalho em equipe

Trabalhar de forma remota pode parecer uma experiência solitária, mas na verdade, envolve muita colaboração e interação com seus colegas de trabalho.

Por isso, faça dessa experiência mais uma oportunidade de troca e aprendizado, mostre-se mais disponível para o contato e retornos. Outra dica importante é utilizar a tecnologia sem esquecer de dosar os acionamentos para favorecer a produtividade e concentração das pessoas.

Dica 3 – Videochamadas

Reuniões são importantes e, nessa nova realidade, a videochamada nunca se fez tão presente. Assim como uma reunião presencial, requer planejamento mínimo.

O ideal é que você converse com sua família antes para que possam respeitar seu espaço e evitar intervenções que comprometam o momento.

Na questão técnica, a sugestão é sempre testar antes câmera, microfone, enquadramento da sua imagem (evite ficar contra a luz) e dar preferência para espaços onde o sinal de internet é mais potente, evitando assim problemas de conexão.

Mas, lembre-se: algo pode sair do controle, afinal, você está em casa. Então tenha presença de espírito e promova conexões verdadeiras com seus contatos. Empatia é tudo!

Dica 4 – Ergonomia e saúde

Em casa você pode não ter os mesmos recursos do escritório para o conforto de trabalhar horas sentado, mas não se descuide. Além das pausas e alongamentos, mantenha a cabeça e o pescoço sempre eretos. Considere a sua linha de visão sempre alinhada ao centro do monitor e tente deixar os ombros relaxados.

A dica é considerar o suporte de monitor, especialmente para o notebook.

Dica 5 – Mantenha os vínculos

Nem só de trabalho vive uma pessoa. Embora o happy hour, almoços e comemorações na empresa estejam temporariamente suspensos, as conexões humanas prevalecem e fortalecem (e muito) o dia-a-dia.

 

Gostou das dicas? Conta pra gente, o que tem feito a diferença na sua rotina de trabalho em casa?

Sobre o autor

Deixe um comentário