Listamos os principais pontos que podem influenciar na melhor escolha de moradia

Na hora de escolher um cantinho para chamar de seu, as opções são muitas, principalmente para quem está numa fase de transição buscando uma nova cidade para estudar, trabalhar ou, ainda, novas experiências.

Para além do planejamento financeiro e organização, é preciso considerar algumas questões que serão parte da rotina na hora de decidir sobre a moradia individual, compartilhada ou coletiva.

O Blog da Netimóveis preparou um breve comparativo com vantagens e desvantagens para facilitar sua vida, confira:

  Morar sozinho Morar com amigos Morar em república
PRIVACIDADE Morar sozinho é decisão para quem curte liberdade total. Morar com amigos é respeitar o outro, por isso, a liberdade é parcial. Nesse ponto, conhecer bem as pessoas é um grande diferencial. Morar em um espaço coletivo é entender que a liberdade parcial também depende do bom senso. A convivência pode trazer atritos, mas também aprendizado.
DESPESA Vai pesar um pouco no primeiro momento porque suas despesas não poderão ser divididas. Com criatividade, planejamento e organização pessoal, você pode se equilibrar. Atenção para boas escolhas e evite o desperdício. Dividir as despesas é um ganho e tanto nessa opção. Especialmente quando você pode compartilhar móveis e esforços para “montar uma casa”. Lembre-se que será preciso rever alguns hábitos e se adequar a uma nova rotina de consumo e uso compartilhado. Quase a mesma experiência de morar com amigos. Um ponto de atenção é a questão de, muitas vezes, precisar se adequar em questões previamente já decididas.
LIMPEZA Morar sozinho é entender que a organização pessoal faz toda a diferença. Criar uma rotina de limpeza é parte importante do processo de organização. Bom senso e limites são essenciais na moradia compartilhada. Com amigos, a sugestão é definir um rodízio e divisão de atividades. Bom senso e limites são essenciais na moradia compartilhada. Não apenas dividir, mas também cuidar da manutenção dos espaços coletivos garante a harmonia.
APRENDIZADO Amadurecimento. Oportunidade para criar e seguir suas próprias regras e valorizar muitos aspectos da sua vida. Reforçar laços. A vivência e afinidades ajudam no amadurecimento pessoal e do convívio social. Amadurecimento e desapego. Compartilhar e, ao mesmo tempo, se relacionar com novas pessoas é um desafio e tanto que, com certeza, traz um grande aprendizado humano.

Agora é refletir e avaliar qual modelo melhor se encaixa na sua necessidade e perfil. Não tenha medo de viver novas experiências!

Se você ainda tem dúvidas sobre como começar esse movimento, conte com a Netimóveis para dar o ponta pé inicial de encontrar o imóvel que mais combina com você.

Já passou por essa experiência? Compartilhe seu comentário conosco!

Leia mais:

 

 

Sobre o autor

Deixe um comentário